Tempo de leitura: 8 min

Dentre as áreas mais importantes na gestão de um negócio, está a gestão de fornecedores. Esse é um dos assuntos que mais requerem estratégia em uma empresa: gerir relacionamentos, determinando critérios para criar de vínculos com seus parceiros. Ademais, os fornecedores são de grande importância para a competitividade e a produtividade de um negócio.

Gestão de fornecedores é uma tarefa não tão simples, por isso exige organização, tecnologia, conhecimento e eficiência. Há alto índice de problemas com fornecedores: entregas, produtos, prazos, formas de pagamento… O dever dos gestores da empresa é propiciar um relacionamento sólido e rentável com os fornecedores, melhorando os fluxos que dependem dos parceiros que fornecem matérias-primas ou produtos ao seu negócio.

A gestão de fornecedores na indústria é igualmente importante, ainda mais complexa que em outros tipos de negócio, pois envolve uma série de processos. Neste artigo, você vai conhecer o que é gestão de fornecedores e por que gerenciar fornecedores. Além disso, vamos apresentar a você 5 dicas de como melhorar a gestão de fornecedores na indústria.

O que é gestão de fornecedores?

A gestão de fornecedores pode se tornar uma verdadeira pedra no sapato dos gestores de uma empresa. O segredo é focar no início do processo, quando você verifica as alternativas disponíveis, muitas vezes pensando apenas no preço. 

Além desse erro em supervalorizar a precificação, existe o problema de não atentar para a própria Gestão de Relacionamento com Fornecedores (Supplier Relationship Management – SRM).

Tudo bem, mas, afinal, o que é gestão de fornecedores?

Gestão de compras e fornecedores significa os atos de identificar, adquirir e gerenciar produtos e recursos para administrar uma empresa, como uma indústria que é o foco deste artigo. 

Os principais motivos para realizar uma boa gestão de fornecedores são:

  • Alocação eficiente de recursos;
  • Controle de custos;
  • Adquirir informações para utilizar em decisões estratégicas do negócio.

Assim, você, gestor, poderá empregar recursos para que sua empresa possa aumentar lucros e se tornar cada vez mais eficiente.

Gerenciar fornecedores, portanto, é avaliá-los de forma constante, para que a organização venha a minimizar os custos operacionais e maximizar a produtividade.

Por que fazer uma boa gestão de fornecedores em uma indústria?

A gestão de fornecedores vem se tornando cada vez mais importante na gestão das empresas. Gerenciamento eficiente de cadeias de fornecimento de insumos e matérias-primas, para atender à demanda dos consumidores, é essencial, em especial, para indústrias.

O gerenciamento de fornecedores em uma indústria é uma estratégia vital para:

  • Conquistar melhores preços e prazos;
  • Diminuir custos;
  • Ganhar diferencial competitivo;
  • Diminuir o impacto negativo na operacionalização da indústria e nos produtos;
  • Extinguir ou reduzir falhas;
  • Estabelecer metas mais ousadas para a empresa crescer;
  • Ter mais segurança para o cumprimento de prazos com os clientes.

Os resultados? Produtos com condições de entrega e qualidade melhores, sem falar em uma operacionalização sólida e previsível, planejada e acompanhada estrategicamente.

Em resumo, a relação da empresa com o fornecedor é como um casamento, um compromisso de duas partes. É uma relação recíproca, em que a saúde financeira do fornecedor pode afetar sua empresa. 

Portanto, gestão de fornecedores é o coração de um negócio, em especial se for uma indústria. Veja, a seguir, como fazer uma boa gestão de fornecedores na indústria.

Dicas de como fazer uma boa a gestão de fornecedores na indústria

Você já viu o que é gestão de fornecedores e sua importância, notadamente na indústria. Confira, agora, 5 dicas básicas para gerenciamento de seus fornecedores no ramo industrial.

Defina os critérios de avaliação

Delimitar, de maneira objetiva, os principais critérios de avaliação para análise no campo da gestão de fornecedores é o primeiro passo. Assim, você terá uma base de dados sólida com todos os seus fornecedores.

Recorra a softwares de gestão (ERPs)

Para gerir os fornecedores da sua indústria com mais eficiência e segurança, é não só recomendado, mas indispensável, hoje em dia, que você tenha um sistema de gestão informatizado, economizando tempo e dinheiro. Quer dizer, um software de gestão (ERP).

Pesquise os melhores programas para empresas do ramo industrial, com melhor custo-benefício, e aprenda a utilizá-los da melhor forma – você e as pessoas que vão trabalhar com essa parte informatizada ligada aos fornecedores. 

Algumas vantagens do software de gestão são:

  • Gerir contratos com fornecedores;
  • Planejar compras;
  • Recebimento;
  • Controlar a qualidade;
  • Buscar novos fornecedores e fazer a cotação de preços online;
  • Planejar pedidos e cotações;
  • Organizar o pagamento dos fornecedores.

Com a tecnologia digital de hoje, você pode fazer a estruturação de uma cadeia de suprimentos (supply chain) conforme a demanda dos consumidores, o que afetará a produção e a entrega dos produtos, sem falar no pós-venda.

Uma boa gestão de fornecedores na indústria é capaz de organizar e mapear processos de maneira detalhada, obtendo informações precisas sobre valores e custos de cada etapa.

Veja alguns pontos a considerar:

  • A matéria-prima é essencial para a qualidade dos seus produtos;
  • Materiais de determinado fornecedor que apresentam constantes falhas comprometem seu negócio, afetando a reputação da sua empresa que oferecerá produtos de qualidade questionável;
  • Entenda os processos essenciais e o valor de cada um deles, através de estudo técnico. Lembra-se dos critérios? Pois você deve tê-los bem delimitados para definir quais fornecedores estão aptos a atender seus padrões operacionais. Isso envolve qualidade dos materiais, prazos de entrega e custos.

Organize as operações em sua empresa

Na gestão de fornecedores em uma empresa do nicho industrial, você precisa se organizar para garantir uma relação eficiente com os fornecedores. 

Estamos falando em planejamento: sem ele, como encontrar um parceiro comercial que atenda às suas demandas com a eficiência que você deseja? 

Assim como sua empresa, as empresas fornecedoras também trabalham com prazos, e é recomendado que tenham uma produção enxuta para gerar preços melhores.

Por exemplo, pense na entrega imediata: se o fornecedor precisar enviar materiais a qualquer instante, deve contar com um volume sobressalente em seu estoque

É claro que isso eleva o preço, pois o fornecedor assume o risco de fabricar em maior quantidade do que necessita imediatamente. Esse valor recai sobre sua empresa.

Desta maneira, uma boa gestão de fornecedores está enraizada no planejamento interno, no mapeamento de processos, detalhadamente. Assim, o ritmo da produção vai ser gerenciável, e o registro de materiais para cada etapa permitirá que os pedidos sejam realizados no momento certo. Por isso, tenha um cronograma dos seus projetos, para que o fornecedor se programe para produzir no momento certo. Isso significa maior disponibilidade de materiais e diminuição nos preços do fornecedor.

Invista na automação industrial

Automação industrial eficiente é essencial para a gestão de fornecedores em uma indústria. 

Com tecnologias mais desenvolvidas, você poderá trabalhar melhor as matérias-primas, e com mais velocidade e segurança. Fique de olho, porque os processos industriais são continuamente aprimorados para facilitar a produção. 

Podemos definir automação industrial como técnicas de produção, utilização de máquinas e procedimentos de alta tecnologia no processo de produção. Uma boa automação industrial garante mais autonomia nos processos da fábrica, com a vantagem de diminuir o tempo de produção de mercadorias. 

Estamos falando no conceito de indústria 4.0: a inteligência artificial (AI) e a computação em nuvem, por exemplo, vêm sendo cada vez mais exploradas pelas indústrias. 

Antes deste estágio 4.0, a automação industrial passou por vários níveis de tecnologia e automação, desde que os processo manuais passaram a ser substituídos por máquinas, no século XVIII. Apenas no século XX, nos anos 1950, é que a automação industrial se difundiu na manufatura, através de máquinas totalmente automatizadas. Resultado: aumento da produção, economia de tempo e mais qualidade. 

Já na década de 1970, os computadores revolucionaram a automação industrial e, na década de 1990, apareceram os computadores com alta capacidade de realizar o processamento, tornando sistemas de produção mais eficientes, confiáveis e rápidos. 

A produção, é claro, aumentou muito, e os custos foram reduzidos, propiciando mais lucros para as empresas.

Com uma automação industrial moderna e eficiente, você utilizará melhor os recursos dos fornecedores, produzindo mais rápido e dispondo de estoque mais robusto. Assim, a gestão de fornecedores é favorecida. 

Veja algumas vantagens, resumidamente, da automação industrial:

  • Diminuição de custos: mais mercadorias em menos tempo, gerando mais lucros;
  • Mais segurança no chão de fábrica. Diminuição da execução de tarefas perigosas por parte dos funcionários e evitando acidentes;
  • Maior controle da produção, desde a fabricação dos produtos até a distribuição deles. Armazenamento de todas as informações da cadeia produtiva;
  • Mais qualidade dos produtos, com testes e verificação do que é produzido. 
  • Maior probabilidade de seguir os padrões de qualidade, atendendo às normas da Lei;
  • Produção conforme a demanda, conhecida como “just in time”. A linha de produção se torna mais flexível, adaptável e enxuta.

Então, o que achou do nosso conteúdo sobre gestão de fornecedores na indústria e das nossas dicas? Elas possibilitam que sua empresa gerencie melhor o relacionamento com os fornecedores, o planejamento, as compras, recebimentos de suprimentos, controle de qualidade, e favorecem a linha de produção, tornando seu negócio mais lucrativo e seguro.

Soluções ERPPowered by Rock Convert

    1 Response to "Dicas de gestão de fornecedores na indústria"

    • Bessani Softwares

      Otimo post

Deixe aqui seu comentário