Tempo de leitura: 14 min

Para aqueles que possuem uma pequena produção e estão pensando em saltar para uma grande produção, originando assim em uma grande indústria, este texto é para você!

Até mesmo aqueles que não estão pensando nisso, ou até mesmo desconhecem o assunto, poderão se atentar aos motivos para investir em um sistema industrial. 

Para que esse investimento se consolide é preciso de outros fatores e razões.  Por isso, nós da Bessani Softwares temos certeza, que os motivos apresentados o deixarão com vontade de investir no sistema industrial, para melhorar ou ampliar os seus negócios. 

É importante deixar claro que para compreender um pouco mais sobre sistema industrial, você não precisa necessariamente estar por dentro de tudo. Até por que o objetivo central deste artigo é informar e levar o conhecimento para pessoas leigas em termos de fatores econômicos, sistemas de empreendimento, dentre outros. 

Mas, para que você consiga entender o porquê de se investir em um sistema industrial, você precisará entender inicialmente o que significa um sistema industrial? Para que ele serve? Só aí poderemos começar a explicar os motivos benéficos de se ter um sistema industrial ou até quais os sistemas mais utilizados pelas indústrias, atualmente.

Sendo assim, começaremos pelo primeiro questionamento: O que é um sistema industrial e para que ele serve?

O que é um sistema Industrial

Um sistema industrial é implantado em determinados negócios, principalmente nas indústrias (lugares de grande produção) com o objetivo de gerenciar a produção. Sendo que usualmente estão voltados para a gestão da qualidade e a transformação de um produto.

Por isso, o desenvolvimento das atividades de uma empresa por meio de um sistema industrial é um processo gradativo. Além disso, passa por interferências no decorrer do tempo gerando impactos em toda a cadeia produtiva.

Como todas as empresas e organizações dispõem de diversos departamentos, a indústria também apresenta uma série de setores de produção. E para que todos esses setores ou departamentos sejam qualificadamente gerenciados é preciso de um sistema, no caso das indústrias, um sistema industrial.

Esse sistema industrial faz com que os setores se unifiquem e sejam observados momentaneamente. Com isso é possível evitar grandes problemas.  Sendo assim, o sistema industrial serve para auxiliar o gerenciamento geral das indústrias.

Um sistema industrial é fundamental para que a sua empresa possa vir a crescer e garantir a obtenção de resultados de longo prazo. Por isso, algumas funcionalidades obtidas com um investimento em um sistema industrial são:

Realização de registro de forma digital das atividades

Toda a empresa tem necessidade de documentar as suas transações desde as ordens de serviços até as características técnicas de projetos. Por isso, registrar todas as transações permite que o produto acabado corresponda as especificações de projeto.

Permite desenvolver uma padronização dos processos produtivos

É uma atividade que pode ser aplicada para as empresas que atuam com encomendas e pode seguir os padrões, tais como:

  • Fluxo de produção
  • Acabamento de cada peça
  • Inspeção de qualidade dos produtos

Geração de relatórios de desempenho

Para as empresas que escolhem implantar sistemas industriais, a informação é um dos diferenciais de avaliação. A exploração destes recursos é fator para identificação de gargalos e desperdícios que podem vir a comprometer a produção.

Motivos para a implementação de um sistema industrial

No Brasil, diversos fatores fazem com que você implemente um sistema industrial em seu negócio. Ou melhor, apontam os benefícios que um sistema industrial trará para a sua indústria.

Aumento elevado da produção

Um dos principais fatores é o aumento elevado da produção, pois como todos sabem a produção é o que movimenta uma indústria. Imagine a empresa com uma produção altamente planejada, na qual nenhum processo esteja impedido ou apresentando alguma falha, pois está sistematizado.

Pois bem, este é um sonho muito possível para sua indústria. Para isso basta adotar um sistema de produção, que evitará transtornos no processo e aumentará a sua produção ainda mais. Com um sistema de produção industrial a empresa consegue se libertar de uma série de fatores, tais como:

  • Tarefas redundantes
  • Falhas na qualidade
  • Paradas inesperadas
  • Ociosidade
  • Retrabalho
  • Má gestão do tempo
  • Falta de planejamento

Dessa forma, investir em um sistema industrial significa gerenciar o fluxo produtivo da empresa de forma a otimizar os resultados. Com a potencialização dos resultados é possível prevenir-se de atrasos, prejuízos e desperdícios.

Como também a integração obtida com um sistema industrial permite que a empresa possa identificar os seus gaps. Ao mesmo tempo pode perceber as oportunidades de uma linha de produção voltada para o atendimento da demanda.

Controle de gastos

Um outro motivo importantíssimo é o controle de gastos, isto é, todo o controle de recursos utilizados na produção. Pois o uso de um sistema industrial faz com que você se atente ao seu estoque de matérias-primas. Então, atentando-se ao estoque, você verá o quanto está gastando para produzir e o quanto de matérias-primas estão estocadas para a produção.

Além do controle de gastos, o sistema industrial também pode auxiliar no inventário do estoque, presente em um dos nossos artigos Bessani Softwares. Toda empresa precisa estar ciente de que os estoques que possui de matéria-prima e produtos acabados são essenciais. Pois a partir deles possibilita o fluxo normal de suas atividades e a geração de lucratividade.

Por isso, é vital adotar um sistema industrial que permita que a empresa efetue a otimização dos seus estoques. Sendo que desde o planejamento de compras até o acompanhamento das auditorias. Além do que com um sistema industrial é possível que a empresa consiga gerenciar, de forma mais simples e estratégica, as seguintes atividades:

  • Acompanhamento de lotes e mercadorias
  • Cotações e Certificações de Fornecedores
  • Entradas e Saídas de matéria-prima
  • Integração com o plano de produção
  • Sazonalidade das vendas em tempo real
  • Gerenciamento da logística de armazenamento

É necessário destacar que conforme uma pesquisa da Aberdeen Group, pode-se considerar que 46% das empresas reconhecem a importância de sistemas industriais. Para elas, um dos principais desafios para a área financeira é ter os valores dos custos dos produtos e serviços apurados de forma assertiva e ágil.

Estipulação de metas possíveis

Ainda seguindo os motivos para a implementação de um sistema industrial, temos também a estipulação de metas possíveis.

Em qualquer indústria existente, a gestão de qualidade e a gerência são as responsáveis por idealizarem as metas futuras para o próximo ano. Sendo assim, com um sistema industrial, as metas ficarão mais fáceis de serem idealizadas. Pois você estará partindo dos planos e projetos mais palpáveis, para aqueles que ainda se mostram distantes de acontecer. 

Para explicitar ainda mais, tomamos como exemplo: conforme visto em nossos outros artigos, o cenário econômico atual lida com uma grande pandemia mundial de COVID-19. Sendo assim, a economia esta abalada, quanto a isso não temos dúvida. Mas, saiba como driblar os possíveis conflitos desta crise a partir da adoção de um sistema industrial.

Como escolher um sistema industrial para a sua empresa

A implantação de um sistema industrial requer maior conhecimento das atividades do fluxo de trabalho com foco na centralização da área produtiva. Além disso, é preciso levar em consideração os seguintes fatores para escolher um sistema industrial para a sua empresa:

Avaliar a viabilidade financeira do investimento

Está é uma análise de fundamental importância uma vez que contratar uma empresa para desenvolvedor sistemas tem o seu custo. No entanto, para desenvolver um sistema que seja o ideal para atender as necessidades da empresa, é tarefa complexa. Por isso, é preciso considerar o impacto financeiro e a expectativa de retorno.

Além disso, é preciso ter em vista que o sistema tem de ser totalmente compatível com as atividades operacionais da empresa. Só assim será possível gerar os resultados esperados.

Escolher um sistema que seja personalizado para a sua empresa

Neste ponto, temos de levar em consideração os aspectos de customização dos sistemas industriais. Ou seja, quais as ações que serão requeridas para adaptar a versão padrão do sistema para as particularidades da sua empresa.

Inclusive, é preciso verificar a adequação do sistema quanto as atividades internas. Pois estas estão relacionadas com os processos desenvolvidos conforme a legislação tributária e a Receita Federal.

Avaliar a compatibilidade do sistema com o processo

Neste aspecto, primeiro é preciso avaliar a adequação em termos do fluxo de trabalho e do mercado. Em seguida, é preciso identificar a capacidade do sistema de solucionar os problemas relacionados com à gestão empresarial.

Desta forma, um ponto importante é o relacionamento com os fornecedores. Pois estes já possuem familiaridade com o setor industrial e possuem conhecimentos práticos sobre as atividades que executam.

No que se refere aos aspectos da dinâmica das atividades operacionais, os sistemas devem apresentar características flexíveis para que possam:

  • Realizar o gerenciamento das ordens recebidas;
  • Desenvolver a rastreabilidade adequada dos materiais;
  • Adequar o plano de produção conforme o projeto;
  • Permitir visibilidade sobre todo o funcionamento do processo produtivo.

Logo, a escolha de um sistema industrial de gestão é uma decisão de cunho estratégico. Além disso, produz profundos impactos na empresa uma vez que exerce influência crescente. Pois influencia desde o estabelecimento de planos de abastecimento até a obtenção de ganhos financeiros.

Por isso, é uma decisão que precisa ser tomada levando em consideração diversos fatores. Como também conhecendo as soluções em sistemas industriais desenvolvidos pela Bessani Softwares.

Diferentes tipos de sistemas

Acredito que a partir dos motivos apresentados, ficou um pouco mais fácil de refletir sobre o porquê de se investir em um sistema industrial. Sendo assim, o próximo passo é escolher um tipo de sistema ideal para a sua indústria.

Ou seja, um sistema que seja capaz de suprir suas necessidades de produção e que deixe você sempre a par de todas as novidades. Os tipos de sistemas são variados, sendo esses os mais conhecidos: 

Sistema ERP industrial

O sistema ERP é um sistema industrial produzido por engenheiros de produção, que traduzido do inglês significa: Planejamento dos Recursos da Empresa. Uma espécie de atualização do antigo sistema MRP (Planejamento das Necessidades dos Materiais).

O sistema ERP é voltado para a gestão das indústrias, de modo que unifique todas as informações ou os componentes de toda a produção em apenas um banco de dados. 

Isto é, ao contrário de se utilizar uma planilha para cada departamento, a indústria poderá contar com a integração de todos os setores, por meio do sistema.

Lembrando que este sistema pode ser instalado nos computadores da indústria de forma online na nuvem. 

Com o sistema ERP a empresa obtém as seguintes vantagens para a gestão da empresa, tais como:

  • Gerenciamento das vendas e do faturamento
  • Realização de controle financeiro
  • Organização das compras e dos estoques
  • Otimização do processo produtivo
  • Realização de controle dos custos de produção
  • Monitoramento da qualidade total dos produtos e processos

Sistema PCP industrial

Um pouco diferente do sistema ERP, que se preocupa com o planejamento, o sistema PCP industrial, está preocupado mais com o controle da produção (Planejamento de Controle da Produção).

Mas, ambos também apresentam muitas semelhanças, pois os dois sistemas se reduzem a um sistema de controle e gerenciamento que auxilia na gestão industrial.

Porém, como o PCP visa muito o controle, esse sistema acompanha e verifica no final da produção todos os processos que foram concluídos corretamente. Faz isso para que possa cobrar de forma correta os resultados, ou até tentar corrigir os erros. 

Neste sentido, os principais benefícios obtidos com um sistema PCP industrial podem ser apontados como sendo:

  • Identificar os produtos acabados que devem ser fabricados para atender a demanda de clientes. Pois isto evitará custos com excesso de estoque e perdas com falta de estoque;
  • Identificar os produtos semi-acabados que devem ser fabricados para atender o PCP. Pois isto evitará atrasos na produção e excesso de estoque;
  • Identificar as matérias-primas que devem ser compradas para atender o PCP. Pois isto evitará atrasos na produção e excesso de estoque;
  • Automatizar as ordens de produção para facilitar e agilizar o PCP;
  • Automatizar as solicitações de compra para facilitar e agilizar o PCP;
  • Identificar os gargalos da produção e adotar ações para reduzir gargalos e evitar atrasos nas entregas.

Perceberam como os sistemas são simples de se compreender?

Observe que a utilização de um sistema facilitará a vida das indústrias. Voltando ao cenário econômico, devido a pandemia mundial, um sistema industrial pode ajudar você a acompanhar sua indústria de dentro de sua própria casa. Ou até substituir determinadas etapas por tecnologias de inteligência artificial.

Sendo assim, você precisará apenas de uma conexão com a internet e instalação do sistema em sua indústria. Assim, você conseguirá acompanhar todos os processos que não podem ser acompanhados pessoalmente, no momento.

A decisão certa para a sua indústria

Para que você consiga obter sucesso na adoção de um sistema é preciso realizar uma pesquisa em sua indústria, antes mesmo da implementação.

Pois, conforme mencionado, a sua indústria precisa adotar um sistema que a represente. Como também que a certifique que os processos de produção estão sendo controlados. Pois, caso contrário, a ideia de adoção de um sistema será em vão. 

Portanto, antes mesmo de adotar um sistema, tenha em mente outras coisas também, tais como o desenvolvimento. Inclusive, como um sistema poderá ser aumentado em sua indústria. Veja em outro artigo nosso, como aumentar a produtividade na indústria. Assim, você conseguirá adquirir um sistema industrial que conserve as suas metas antigas e/ou planejamento já estruturados. 

Além disso, algo que precisa ser pensado também, antes da adoção de um sistema, é uma gestão de qualidade. Você sabe se a sua indústria possui uma gestão de qualidade capaz de participar de um sistema industrial? A adoção de um sistema não é simples, como já foi dito, ela necessita de diversos fatores e a gestão de qualidade é um deles.

A gestão de qualidade, além de sistematizar o trabalho, precisa possuir olhos críticos para o todo. Pois os diversos setores de uma indústria precisam ser unificados, pelo menos durante as avaliações. Dessa forma, é possível estreitar as relações e motivar o potencial escondido em cada indivíduo ali dentro.

Caso queira saber mais sobre Gestão de qualidade, clique na palavra chave linkada, para acessar mais um interessante artigo disponível por nós Bessani Softwares.

Percebeu como a sistematização da indústria está muito atrelada a uma gestão de qualidade visto que ambas possuem quase a mesma função. Por isso, cabe a indústria observar essas relações entre os setores e as funções, para que se tenha êxito em sua indústria.

Ficaram mais claros os motivos, dicas e até as maneiras de se investir em um sistema industrial? Tenho certeza que sim!

Acompanhe sempre dicas como essa, para que você permaneça sempre informado sobre tudo. Dê uma olhada também em nossos outros artigos, que acabam discutindo temáticas semelhantes, porém, para públicos diferentes. 

A partir da leitura completa desse artigo, você conseguirá identificar os motivos para se investir em um sistema industrial. Como também os melhores sistemas, a explicação sobre o uso deles e o porquê de utilizá-los.

Uma grande ajuda para você, que é leigo no assunto, e procura entender um pouco mais sobre essas coisas. 

Independente da escolha do sistema que você irá fazer, você precisa se certificar que está fazendo a escolha certa. Ou seja, ao invés de aumentar os transtornos, um sistema está pronto para facilitar os processos.

Portanto, trate a indústria com seriedade. Trata-se de um espaço, no qual inúmeras pessoas dependem dele. É importante para não apenas movimentar a sua economia pessoal, como também a economia mundial. Além disso, a responsabilidade em cima dessas escolhas são importantíssimas.

Por este motivo, mostre ao mercado o quão sua indústria é capaz!

Soluções ERPPowered by Rock Convert

Deixe aqui seu comentário