Finanças

Você sabe o que é valuation? Aprenda agora como calcular

/
3 0
o que é valuation
Tempo de leitura: 3 min

A maioria das empresas controla, ao menos, alguns indicadores básicos em seus processos, como crescimento e receita. Esses números, contudo, não são a única forma de avaliar o seu sucesso. Afinal, ao mesmo tempo em que cresce e se consolida no mercado, o negócio aumenta de valor. Diante disso, é preciso responder a pergunta: o que é valuation?

Esse método tem sido muito usado por startups, investidores e aceleradoras como uma referência do valor do negócio, mas com base na percepção do seu potencial de crescimento e do risco envolvido. Em outras palavras, o valuation é um indicador do resultado que um empreendimento alcança no decorrer do tempo.

Afinal, você sabe quanto vale o seu negócio? Então, continue esta leitura para entender esse método e como calculá-lo!

O que é valuation?

De modo mais objetivo, valuation pode ser traduzido por “avaliação de empresas” e é um método de levantamento do valor do negócio. Simples? Bom, é mais fácil descrever do que fazer essa avaliação — ao menos, com objetivos de maior precisão.

Esse indicador é muito usado por investidores e até em sistemas de captação de recursos. No Brasil, por exemplo, temos uma mudança recente que permite que empresas de pequeno porte lancem títulos de dívida sem operação na Bolsa de Valores. Com uma autorização da Comissão de Valores Mobiliários (órgão que controla esse tipo de operação), ocorre uma dispensa de fiscalização e a oferta é lançada.

Assim, com base no valuation, é estabelecido um valor máximo de títulos, e eles são lançados no mercado. Os investidores compram essas cotas, e a empresa investe no seu crescimento. Conforme os resultados aparecem e o lucro aumenta, o investidor tem seu dinheiro restituído na forma de participação ou pagamento.

Para servir de base para esse tipo de cálculo, o indicador não pode se basear apenas na receita e no patrimônio. Também são considerados — mesmo que não de forma direta — a percepção do mercado, os aportes de investimento, a política de estoques, um levantamento apurado do fluxo de caixa e outros detalhes relativos à capacidade de escala (crescimento).

Como ele é calculado?

Por que dizemos que o cálculo do valuation não reflete diretamente os critérios do parágrafo acima? Porque, basicamente, esse cálculo é feito muito mais com base na percepção de valor que o investidor tem do que em avaliações mais concretas, como o dinheiro disponível no caixa.

Para o tipo de investimento que descrevemos no último tópico, por exemplo, o valuation ocorre, primeiramente, como referência. Mas, quando envolve grandes investidores, esse processo se inverte. Em razão disso, muitas pessoas confundem o método. Afinal, existem formas diferentes de calcular esse valor dependendo do seu objetivo.

No caso das startups, quando financiadas por grandes grupos de investidores de capital de risco (chamados de venture capital), o cálculo é feito da seguinte forma. Imagine que um investidor tenha feito um aporte de investimento de R$ 2.500.000,00, e que nas suas tratativas com os empreendedores foi estabelecido que esse valor corresponde a 25% do negócio.

Nesse caso, na percepção do investidor, refletida pelo que ele se dispôs a pagar pelo negócio, o valor da empresa é de R$ 10,000.000,00 (resultado de uma regra de três simples):

(R$ 2.500.000,00 × 100) ÷ 25 = R$ 10,000.000,00.

Para conferir isso, basta multiplicar:

R$ 10,000.000,00 por 25% = 2.500.000,00.

Concluindo o nosso texto sobre o que é valuation, vale ressaltar: para objetivos de venda ou negociação com sócios, por exemplo, você deve calcular detalhes mais concretos, como o fluxo de caixa previsto, o patrimônio acumulado e os fatores de risco — bem como a saúde financeira do negócio, que é um dos detalhes mais impactantes no valor de uma empresa.

Então, se você gostou desta leitura, aproveite para complementá-la conferindo também o que são custos fixos e variáveis!

Posts Relacionados
/

A maioria das empresas controla, ao menos, alguns indicadores básicos em seus processos, como crescimento…

/

A maioria das empresas controla, ao menos, alguns indicadores básicos em seus processos, como crescimento…

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Scroll Up